Blog

Home/Primeiro Emprego/Erros que te farão ir mal em uma entrevista de emprego

Erros que te farão ir mal em uma entrevista de emprego

Entrevista de emprego! Dá um frio na barriga só de pensar, não é mesmo?

Para o entrevistado, principalmente quando se trata do primeiro emprego, o momento da entrevista pode ser bastante assustador.

Você passa por todo um processo, que vai desde encontrar a vaga de emprego, elaborar um currículo bacana, enviar para a empresa e aguardar um retorno.

Então finalmente recebe a ligação de que está sendo convidado para ser entrevistado.

De primeira você fica bastante contente, já que esta é a sua chance!

Porém, depois se lembra de que não sabe muito bem como será, que pode fazer algo errado.

É aí que na sua mente, a entrevista de emprego que seria um bate-papo dinâmico e produtivo, torna-se uma verdadeira tortura.

Você que não sabe o que vai falar e nem como agir, não faz a mínima ideia do que o entrevistador espera, sente-se perdido e começa a perguntar mentalmente “E agora, o que eu faço?”.

Existem erros básicos que podem comprometer toda a entrevista, e neste post iremos abordar cada um deles, para que você NÃO os cometa. Abaixo, conheça todos.

1 – Chegar atrasado

Chegar atrasado para a entrevista de emprego é um fator que certamente te fará perder pontos. Os entrevistadores dão muita importância para a pontualidade, e a seriedade do entrevistado, e ao chegar atrasado a impressão que você passa, é de não ser nem uma pessoa séria, nem pontual.

Caso tenha se perdido no caminho, essa desculpa também não serve. Você será enxergado como uma pessoa que faz tudo de última hora, e é desorganizado.

Então fica a dica: ao receber a ligação, anote o endereço da empresa, e veja com antecedência o mapa do local, as melhores rotas para chegar, e os horários que poderá sair de casa, para não ser pego por imprevistos (como congestionamentos, por exemplo).

Recomendamos para você:  10 Dicas do que escrever no primeiro curriculum

2 – Usar qualquer tipo de roupa

Outra coisa que pode te desclassificar instantaneamente é a forma como você irá vestido para a entrevista. A primeira impressão é a que fica, como diz o ditado, e usar bermudas, chinelo, roupas curtas demais ou largas demais, é sinônimo de desleixo.

Imagine que você está num ambiente corporativo, onde a aparência tem importância, e você está em busca de um emprego, então seja profissional a partir daí. Pense profissionalmente, haja profissionalmente, e se vista profissionalmente.

Claro, há algumas exceções de acordo com a área onde a pessoa vai atuar, ou a profissão, mas para ambientes corporativos a regra é essa, mesmo que depois a empresa se mostre mais flexível.

Se for possível, vale a pena pesquisar previamente como as pessoas se vestem na empresa. Uma boa forma de fazer isso é dar uma olhada nas redes sociais da empresa e verificar se têm fotos dos colaboradores no horário de expediente. Assim você poderá ir tranquilo para a entrevista, sabendo que estará vestido de forma que não o fará parecer “deslocado” do ambiente. Caso contrário, na dúvida é melhor ir com uma roupa social.

3 – Má postura

Sentar-se de qualquer jeito (no estilo “largado”) na cadeira, é algo que o entrevistador irá reparar, e poderá interpretar você como uma pessoa descuidada, e na pior das hipóteses como alguém que “não está nem aí pra nada”.

Já ficar com uma postura muito encurvada e ombros encolhidos, podem fazer você parecer uma pessoa de baixa autoestima, ou falta de confiança em si próprio.

O ideal é encostar as costas no encosto da cadeira, e manter a postura com a coluna reta, olhando sempre para frente e conversando em tom nem alto e nem baixo.

Dica importante: para manter as costas retas, não é necessário ficar totalmente petrificado na cadeira, você também pode se mexer e gesticular, desde que seja com moderação.

Recomendamos para você:  5 dicas para se conseguir o primeiro emprego

4 – Evitar olhar nos olhos do entrevistador

Conversar olhando nos olhos das pessoas é algo extremamente bem visto, pois é sinal de confiança em si mesmo e no que está falando.

Evite ficar olhando para objetos fora do ambiente, como janelas, canetas, vasos de planta e coisas do gênero. Mantenha a sua atenção no entrevistador, assim não corre o risco de ele achar que você é uma pessoa distraída.

Portanto fale diretamente, olhando nos olhos do entrevistador e expressando com clareza a mensagem que quer passar.

Não enrole muito, seja objetivo, olhe nos olhos e fale com convicção.

5 – Inquietação

Ficar se mexendo muito, como por exemplo cruzando e descruzando as pernas, esfregando as mãos, batendo os dedos na mesa ou batendo os pés no chão, são ações que podem transmitir nervosismo.

Isso tirará a atenção do entrevistador e certamente atrapalhará a entrevista.

Para evitar isso, mantenha a calma, respire fundo, fale pausadamente, não tenha pressa. Se tiver alguma dúvida sobre algo que o entrevistador tenha falado, pergunte, isso lhe dará mais segurança na hora de responder.

Dica de ouro: Para baixar a ansiedade, vale a pena pesquisar sobre a empresa. Assim você saberá o que ela faz e quais as suas realizações, a entrevista com certeza vai ficar mais dinâmica e produtiva, e naturalmente vocês vão conversar sobre alguns desses assuntos.

6 – Demonstrar pressa

Responder muito rápido as perguntas do entrevistador, ou não esperar ele terminar de falar e já ir respondendo, é sinônimo de pressa e desinteresse.

O entrevistador te enxergará como alguém que, não está verdadeiramente interessado na vaga e tem pressa para que a entrevista acabe.

A dica aqui é: ouça tudo o que o entrevistador tem a dizer, elabore respostas que não sejam nem tão curtas e nem tão longas, que sejam objetivas e claras de se entender.

Se tiver alguma dúvida sobre algo que ele comentou, pergunte. Isso mostrará que você está prestando atenção no diálogo e tem interesse em saber mais sobre a empresa. Essa dinâmica é muito importante de se acontecer.

Recomendamos para você:  A importância do estágio para o jovem - Saiba mais

7 – Falar gírias

Como já mencionado em pontos anteriores, um diálogo claro é extremamente importante, para tanto é preciso que utilize um linguajar apropriado para se comunicar com o entrevistador.

Usar gírias passa uma impressão negativa e demonstra imaturidade, que você não está pronto para o mercado de trabalho. Claro, também não é necessário usar várias palavras rebuscadas no meio da conversa.

Converse casualmente, mas se atenha a usar uma linguagem clara e objetiva, pois o ideal não é impressionar o entrevistador e sim, conseguir transmitir a sua mensagem para ele.

8 – Mascar chicletes

Mascar chicletes é o fim de tudo!!! Não faça isso nunca.

Além de ser bastante incômodo, o entrevistador precisa prestar atenção ao que está sendo dito por você, porém, ao mascar chicletes, ele perderá toda a atenção no que você está dizendo.

Procure comer algo um pouco antes da entrevista e lembre-se de escovar os dentes depois.

Conclusão

Lembre-se que a entrevista de emprego é um momento decisivo em todo o processo seletivo. Será a sua chance de mostrar o seu melhor para o entrevistador, e ele enxerga-lo como a pessoa que estava procurando para preencher a vaga.

Tome muito cuidado com todos estes pontos citados acima, pois eles de fato fazem toda a diferença na hora da contratação.

Siga essas dicas e você estará cada vez mais próximo de conquistar a vaga de emprego que tanto deseja!

Tem alguma dúvida sobre entrevistas de emprego que não abordamos nesse artigo? Escreva nos comentários que nós do Instituto Capital Social responderemos com o maior prazer!

Para ter mais informação sobre processos seletivos e entrevistas de emprego, fique ligado no nosso blog!

Written by

A Capital Social Instituto de Pesquisa, é uma ONG que atua como Instituição Formadora de Aprendizes, ela também tem um trabalho com estagiários ajudando jovens e empresas a estabelecerem uma ótima relação no mercado de trabalho.